terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Loja de acessórios para moto

Um bom exemplo de valorização do produto através da arquitetura é o projeto da Moto Store, no Itaim Bibi em São Paulo.
A Moto Store é uma loja que comercializa acessórios para motos e motociclistas, muitos desses produtos foram desenhados por importantes designers e os clientes da loja são apaixonados por moto.

Foram projetados dois tipos de expositores: as vitrinas bancada, cuja idéia era a de expor os produtos como se fossem peças de joalherias, e os expositores de parede, com prateleiras de vidro, painel para pendurar acessórios e gavetas de estocagem. Ambos expositores com iluminação embutida e voltada aos produtos.
Como o piso instalado na loja seria porcelanato preto, foi projetada nas vitrinas bancadas, iluminação direcionada direcionado ao piso, com objetivo de dar ainda mais destaque e exclusividade às peças ali expostas.


No centro da loja, próximo a escada de acesso ao estoque, foi prevista uma ilha que serve três postos de caixa e dois postos de venda.
A idéia era centralizar todos os pontos de informática e que as partes dos computadores, exceto a tela, ficassem invisíveis.
No projeto de expansão da loja foram concebidas, além das áreas de exposição e ilha do caixa e atendimento, um pequeno bar nos fundos da loja para receber o cliente.


Gerar um ponto de interesse no fundo da loja é muito importante quando o espaço comercial tem grande profundidade, pois orienta o consumidor a percorrer a loja por completo.
Na área antiga da loja foi projetada um centro de exposição de uma importante marca fornecedora. Essa área tem características e cores que fogem ao padrão da Moto Store para seguir o padrão da marca criando um ambiente inusitado. Nessa área o mobiliário também é retro iluminado, valorizando os produtos expostos.


Nenhum comentário: